Mais compartilhadas

quinta-feira, 30 de maio de 2013

Filho de brasileira morre durante o parto em Portugal.

Filho de brasileira morre durante o parto em Portugal.
Marlene Tibúrcio, 30 anos, residente em Vila Franca de Xira, cidade que fica à 30 km da capital de Portugal - Lisboa, está completamente revoltada com a morte do seu bebé.

Emocionada, a mulher conta que o seu bebé que pesava cinco quilos morreu durante o parto no Hospital de Vila Franca de Xira.

Tudo começou no dia 22 de maio, por volta das 23 horas e 55 minutos (hora local), quando Marlene deu entrada no hospital sentindo as contrações para começar a dar a luz ao bebé que depois de nascido pesou cerca de cinco quilos. Mas o parto da mulher complicou-se e só veio a ser realizado no dia seguinte pelas 09 horas da manhã, isto porque segundo explicações médicas, no momento do internamento Marlene não tinha dilatação suficiente para a realização do parto normal, e somente no dia seguinte atingiu a dilatação de 10 centímetros, sendo então iniciado o parto da mulher.

"Segundo Marlene o parto durou cerca de três horas e foi uma verdadeira tortura". A mulher acusa o hospital de negligência médica, inclusive registou suas reclamações junto à diretoria do hospital onde assinou o livro de reclamações, e também apresentou queixa na polícia (Polícia de Segurança Pública - PSP) da Cidade, contra o hospital.

Após o nascimento, foram feitos os procedimento para a reanimação do bebé, infelizmente sem sucesso, o bebé então foi transferido para o hospital de Santa Maria em Lisboa, onde foi declarado o óbito da criança. O funeral da criança ocorreu dia 30 de Maio no cemitério da cidade de Vila Franca de Xira.

O Hospital de Vila Franca de Xira, abriu um processo interno para averiguação dos fatos, mas garantem que todos os procedimentos legais foram efetuados para assegurar a integridade física tanto da mãe, quanto da criança.

Recordemos que este mesmo hospital foi recentemente inaugurado oficialmente no dia 22 de Maio de 2013, mas já se encontrava em pleno funcionamento desde o dia 28 de Março de 2013.