Mais compartilhadas

domingo, 6 de janeiro de 2013

Mais uma brasileira leiloa a virgindade.


Depois do primeiro caso da brasileira, Catarina Migliorini que leiloou a sua virgindade por 600 mil euros ( 1,6 milhão de reais), não é que agora surgiu um segundo caso de leilão de virgindade.

A protagonista dessa vez é a jovem estudante Rebecca Bernardo Albertony de 18 anos, que mora na cidade de Sapeaçu, a 150 km de Salvador - Bahia.

A jovem publicou um vídeo no you tube anunciando o leilão da sua virgindade e justifica-se dizendo que é por uma causa nobre.

Rebecca afirma que o dinheiro do leilão será usado no tratamento da sua mãe, que sofreu um AVC e não consegue mais alimentar-se ou levantar-se sozinha e mal consegue falar.

A mãe de Rebecca que por sua vez nasceu no interior de São Paulo, mesmo com muita dificuldade em falar demonstrou todo o seu desagrado com a atitude da filha dizendo - "Ela deveria procurar trabalho e não prostituir-se", Rebecca é órfã de pai que por sua vez morreu sem conhecê-lo.

Como a internet tem um grande poder de circulação das notícias o caso já virou notícia em todo mundo, o canal de televisão CNN inclusive publicou uma entrevista da jovem. Segundo a CNN, uma estação de televisão brasileira ofereceu-se para pagar as despesas médicas da mãe de Rebecca se esta cancelasse o leilão. De início Rebecca aceitou a proposta, mas depois voltou atrás e recusou-a justificando que a proposta não incluía uma casa numa nova cidade onde as duas pudessem "começar uma vida nova".

Ao que tudo indica a jovem está a procura de mediatismo e vida fácil, assim se desculpa com a doença da mãe, ora se a própria mãe já disse que ela deveria procurar trabalho em vez de prostituir-se e para completar surge a notícia da oferta do tratamento da mãe.

A jovem Rebecca, diz que inspirou-se na também brasileira Catarina Migliorini que leiloou a virgindade (por 600 mil euros/1,6 milhão de reais) que segundo informações até hoje ainda não recebeu o dinheiro do leilão, mas porém já arranjou trabalho como modelo, contratada por agências de modelos/publicidades, há quem diga que inclusive ela já tem uma proposta para posar nua para a revista Playboy.

Pelos vistos a Catarina Migliorini consegui o que queria (ficar famosa do dia para a noite), mas a Rebecca não está conseguindo o mesmo sucesso e mediatismo que a sua fonte de inspiração, uma vez que até agora o lances para a aquisição da sua virgindade não ultrapassou dos 26 mil euros (70 mil reais aproximadamente.

É muito triste quando vemos situações onde pessoas tentam mudar de vida escolhendo o caminho errado, foi-se o tempo onde pobreza era desculpa para roubar, a decência já nasce com o ser humano quem quer ter uma vida melhor tem trabalhar honestamente para tê-la, quem foi que disse que prostituir-se é mais fácil e melhor que trabalhar, bem diz o ditado popular que "O trabalho dignifica o homem", só se consegue respeito e dignidade trabalhando honestamente, a pessoa até pode conseguir muito dinheiro de forma ilícita ou até mesmo vendendo o próprio corpo, porém respeito e dignidade isso nunca ela terá em lugar algum e duvido até que ela seja feliz mesmo tendo uma vida de luxo.