Mais compartilhadas

sábado, 24 de novembro de 2012

Mano Menezes fora da seleção brasileira.

Mano Menezes fora da seleção
Sexta feira, 23 de novembro de 2012, foi o dia em que o treinador da seleção brasileira de futebol, Mano Menezes foi demitido do cargo. Depois de uma reunião realizada pela cúpula da CBF, que aconteceu em São Paulo, ficou decidido a demissão do treinador e toda comissão técnica.

Depois de dois anos e meio no comando da seleção, o trabalho de Mano Menezes  ficou muito aquém das expectativas para queles que o apoiaram no momento da indicação para o cargo.

O treinador Mano Menezes, durante a sua trajetória no comando da seleção perdeu praticamente todos os jogos importantes da seleção. Tudo começou com a campanha horrível que a seleção fez durante a Copa América 2011, que culminou com a eliminação nas quartas de finais para a seleção do Paraguai no pênaltis, onde a seleção brasileira desperdiçou quatro cobranças.

Na altura, todos justificaram a eliminação dizendo que o trabalho estava apenas no início, mas nos meses seguintes vieram outros amistosos e o Brasil não ganhou nenhum jogo contra as seleções consideradas da elite do futebol. Isso quer dizer que o Brasil perdeu os principais desafios preparatórios contra aquelas seleções que possivelmente ou teoricamente brigarão pelo título em 2014, estou falando das derrotas para as seleções da França, Alemanha e Argentina, sem falar do empate com a Holanda.

Mas o fracasso maior do treinador Mano Menezes, foi não ter conquistado a tão sonhada medalha de ouro nos jogos Olímpicos 2012 na Inglaterra, onde o Brasil perdeu na final para o México por 2 x 1, inclusive levou um gol aos 30 segundos do primeiro tempo.

A grande ironia do destino, ou não, é que Mano Menezes sai do comando da seleção após conquistar um título com mais uma derrota, no super clássico das Américas contra Argentina, nosso maior rival no futebol, mas vale a pena salientar que esse título não tem nenhum valor uma vez que, todos nós sabemos que os principais jogadores das duas seleções não jogam nos campeonatos dos seus respectivos países, principalmente o melhor jogador da atualidade Lionel Messi, considerado por muitos como um extra-terrestre do futebol atual.

Os torcedores brasileiros pensavam que com a derrota nos jogos olímpicos o treinador fosse demitido, inclusive o ex-jogador Romário pediu a demissão do treinador ao vivo, logo após o final do jogo, mas tal não aconteceu, talvez se tivesse acontecido naquela altura o novo treinador teria ganho seis meses de trabalho.

No primeiro jogo amistoso em casa após os jogos olímpicos, a seleção foi fortemente vaiada em São Paulo, como uma forma de protesto por parte da torcida, pelo mal futebol apresentado diante da fraquíssima seleção da África do Sul. Posteriormente viriam uma série de amistosos com mais seleções fracas e o Brasil goleou sempre. 

O penúltimo amistoso da seleção, com Mano Menezes no comando da equipe foi contra a Colômbia, uma seleção mais forte que conta com atualmente com o melhor camisa 9 da atualidade (Falcão Garcia), e mais uma vez o Brasil não ganhou um jogo importante, as duas equipes empataram por 1 x 1.

Após a tão desejada demissão do treinador , a CBF divulgou que só anunciará o substituto em janeiro de 2013, a imprensa e os torcedores já começaram a especular os possíveis nomes que poderão assumir o cargo, nomeadamente Luís Felipe Scolari, Tite, e Muricy Ramalho, mas a imprensa internacional também cita o nome do ex-treinador do Barcelona, Pep Guardiola.

De todos os nomes citados anteriormente, o mais desejado será o de Felipão, isto porque quando Mano Menezes estava no cargo o nome dele já era desejado por alguns da CBF, passado um tempo durante uma entrevista, o próprio Felipão disse que queria estar no comando de uma seleção em 2014, mais um tempo se passou e ele se demitiu do Palmeiras, logo a seguir ele foi contratado pela CBF para um cargo que seria de divulgar o mundial 2014, aliás o Felipão até esteve em Portugal a serviço da CBF e até recebeu uma proposta de um clube português, que foi prontamente recusada. É muita coincidência, sinceramente acho que o Felipão será o novo treinador do Brasil, quanto ao Mano Menezes esses nunca demonstrou qualidade para está à frente da seleção, por incrível que pareça ele conseguiu ser pior que o Dunga.

Parabéns a CBF pela decisão acertada, esperemos que acerte na contratação do novo treinador.