Mais compartilhadas

sábado, 25 de agosto de 2012

Cultura - A cultura do povo está avançada demais.


Ecce Homo
Uma verdadeira tragédia! Foi assim que ficou o quadro com a imagem do "Ecce Homo" que pertence ao Santuário da Misericórdia, na cidade de Borja - Zaragoza - Espanha, "restaurado" pela Dona Cecília Jiménez, uma senhora octogenária, residente na mesma cidade.

Tudo começou quando Dona Cecília Jiménez resolveu pedir ao padre do Santuário da Misericórdia de Borja, para restaurar a obra de arte pintada no século IX, por Elías García Martínez que costumava passar as férias de verão em Boja, talvez seja por isso o motivo de doar a obra de arte para a cidade de Boja.

Mas depois de alguns dias o inesperado aconteceu, a obra de arte em vez de ficar restaurada, ficou transformada, ou seja, o que antes era a imagem de Cristo, se transformou na imagem mais parecida com a imagem de um macaco.

O caso virou notícia em todo o mundo, e a cidade bem como a Igreja, passou a ser um ponto turístico, todos  queriam ver a transformação que a obra de arte sofreu. 

Agora a obra de arte será avaliada por especialistas, eles vão avaliar os danos causados e assim tentar encontrar uma solução. Os restauradores já pediram uma reunião com a Dona Cecília Jiménez, para saberem quais produtos ela utilizou e assim estudar quais as condições para um novo restauro.

Mas a história não acaba aqui! Como o caso deu muito o que falar em todo o mundo, e até nas redes sociais como é de costume hoje em dia, até já foi criada um comunidade no facebook que está reunindo assinaturas solicitando que a obrade arte não seja restaurada.

Para se ter uma ideia da velocidade da divulgação do acontecimento, incidente foi detectado no dia 7 de Agosto pelo Centro de Estudos Borjanos (CEB), e divulgado inicialmente pelo jornal espanhol Heraldo de Aragón, a situação em menos de 24 horas, já contava com 2798 “gosto”, e  hoje até o momento da escrita dessa postagem a comunidade já conta com mais de 85.000 seguidores.

Independentemente da opinião pública, segundo o conselheiro de cultura de Borja, a pintura será restaurada.

Sinceramente, este mundo está mesmo virado ao averso, noutros tempos uma hipótese dessa nunca seria levantada, e digo mais o número de seguidores seriam pouquíssimos, onde já se viu permitir um erro desses, um erro não, dois, o primeiro foi quando se permitiu a restauração de uma obra de arte por uma pessoa sem capacidades para realizá-la, o que acabou por danificá-la, e o segundo erro, será permitir que ela continue mal restaurada, com tantos seguidores e tantas solicitações, não estranharia se tal acontecesse.

As pessoas estão a mudar o mundo e cada vez mais para pior.