Mais compartilhadas

sábado, 5 de maio de 2012

Itanhém ganhará frigorífico em 2012, licitação foi autorizada, está no Diário Oficial da Bahia.


news365mundo.com
AVISO DE LICITAÇÃO Nº 047/2011 – CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº 022/2012 SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO URBANO/SUCAB.

Tipo Menor Preço – Abertura: 13/06/2012 às 10:00 horas – Objeto: CONSTRUÇÃO DE ABATEDOUROS/FRIGORÍFICOS PARA 30 ANIMAIS, EM DIVERSOS MUNICÍPIOS, DISTRIBUÍDOS EM 03 (TRÊS) LOTES, SENDO: LOTE 01: MEDEIROS NETO, ITANHÉM e IGUAÍ. LOTE 02: ARACI, VALENTE e ITABERABA e LOTE 03: BARRA, SANTA RITA e PARAMIRIM. Local: 3ª Avenida, nº 390, Plataforma IV, Sala de Treinamento – Subsolo da SUCAB, Ala Norte, CAB, Salvador-Bahia.

Os interessados poderão obter informações e/ou o Edital e seus anexos ao preço de R$200,00 (duzentos reais), mediante apresentação da comprovação de DEPÓSITO IDENTIFICADO (obrigatoriamente em espécie), efetuado no BANCO DO BRASIL - Agência nº3832-6, conta nº 991.857/4 – SUCAB, constando o nome e o nº do CNPJ da empresa e o nº da modalidade da licitação, na 3ª Avenida nº 390, Plataforma IV, 2º andar, sala nº 07, Ala Norte, CAB, Salvador-Bahia, de segunda a sexta-feira, das 8h.30min. às 12:00h e das 13h.30min. às 17h.30min. Maiores esclarecimentos através dos telefones (71)3115-6596 e 3115-6126.

Salvador-BA, 09/05/2012. - Paulo César Nogueira Fernandes – Coordenador de Licitação.

Vejam o comentário feito pelo Secretário Eduardo Salles.

O Secretário de Agricultura do Estado da Bahia engenheiro agrônomo Eduardo Salles, confirma para Itanhém a construção de um frigorífico. A construção do frigorífico, a ser iniciada ainda este ano, é fruto da parceria entre Seagri, Agência Estadual de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab), prefeitura municipal e ministérios da Agricultura e do Desenvolvimento Agrário.

A produção agropecuária é a principal atividade econômica de Itanhém. São mais de 150 mil cabeças de bovinos, o que faz do município um dos maiores produtores do Estado da Bahia.

“O frigorífico vai ampliar o combate ao abate clandestino, garantindo carne saudável e de qualidade na mesa do consumidor”, destaca Salles. Com planta padrão desenvolvida pela Seagri, o equipamento terá capacidade para abater de 30 até 100 animais por dia. O investimento é de R$ 1,2 milhão.