quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Às vezes tenho vergonha de ser brasileiro.

É triste, mas é assim que eu me sinto, vou explicar.

Sou brasileiro, mas vivo em Portugal há 12 anos, eu amo meu país, mas há coisas que não dá para suportar temos que nos calar e refletir.

O problema é que quando acontece cenas lamentáveis de violência e vandalismo como aquelas do apuramento dos votos para decidir a escola de samba campeã de São Paulo, é muito difícil de explicar para as outras pessoas principalmente de nacionalidades diferentes, por mais que você diga sempre fica aquela sensação de má impressão em relação ao nosso país.

Para quem vive no Brasil ou para quem é brasileiro, talvez seja mais fácil explicar e  consequentemente entender os fatos, sem deixar bem claro que fatos como estes atos de violência são inadmissíveis em qualquer situação.

Agora para quem vive no exterior é muito difícil explicar o que não tem explicação, porque as pessoas de outras nacionalidades comentam conosco e até vem nos perguntar o que aconteceu e nós ficamos envergonhados sem ter o que falar, não dá para explicar, não tem o que falar sinceramente nesse momento sinto vergonha de ser brasileiro, porque muitas pessoas não sabem separar, distinguir os bons dos maus, apenas generalizam, acham que uma nação inteira é bandida.

É muito triste ver estas cenas de vandalismo em todos os jornais do mundo, manchando a imagem de um país envergonhando o seu povo e denegrindo a imagem da maior e mais conhecida festa brasileira, onde todos os anos atrai milhares e milhares de turistas.

Vi as imagens de toda a violência do carnaval de São Paulo em um canal de televisão de Portugal e fiquei chocado, logo veio na minha cabeça apenas um sentimento que vergonha.

O indivíduo roubou os papeis que estavam as notas das escolas de samba no momento da divulgação das notas saiu correndo rasgando os papeis, mas porque? Não sabe perder, ou será mais um bandido disfarçado no meio da sociedade.

A partir daí a confusão se alastrou destruindo o sambódromo e imediações, acabando por incendiar um carro alegórico de uma escola de samba e o que seria festa acabou em tragédia, decepção e vergonha.

Felizmente a polícia já capturou o ladrão das notas, peço às autoridades brasileiras uma punição severa a este cidadão.

As autoridades brasileiras tem que acabar com esta violência de uma vez por todas, só assim o Brasil será notícia em todos os jornais com tudo de bom e todas as belezas que ele tem para oferecer.

1 comentário:

  1. Nao sintas vergonha de ser brasileiro,isto é como tudo,em todos os paises acontecem coisas destas ou até piores,eu amo o meu País,sinto muito sim em ver tantas coisas más,violencias, e até mesmo um dia se voltar pra lá,talvez nem possa dizer que estive fora do País, pois tenho dois filhos e eles poderiam correr risco de vida,mais esta é a naçao abençoada por Deus pq pensando por outro lado,o lado bom do nosso País, é um País que também tem uma elevada populaçao que também pratica o bem,um povo alegre, feliz eu digo por mim estou fora tbm a 12 anos mais o que deixei pra trás foi muita felicidade,temos que saber viver neste mundo onde a violencia reina,mais tbm digo, isto vai da índole da pessoa,onde ela for de norte a sul ela vai sempre ser um mal pra sociedade,o único fator foi ser brasileiro.o País é um lugar de oportunidade,nos saimos do nosso País nao pela violencia pq isto ja é um fator mundial,mais sim por ambiçao,em conquistar algo que ao fim de alguns anos chegamos a conclusão de não ter valido a pena. Nao ver os pais envelhecerem,os sobrinhos que nascem e nem se quer conhecemos,familiar que morre e nao podemos chorar no velorio e outras percas que o dinheiro não compra.

    ResponderEliminar

O comentário não representa a opinião do blog, a responsabilidade é inteiramente do autor do comentário.

Mais compartilhadas

News365Mundo.com