Mais compartilhadas

quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Grupo de amigos promove campanha com o intuito de arrecadar materiais esportivos para o Clube Recreativo Resgate.

Grupo de amigos promove campanha solidária para o C.R.Resgate
Um projeto sócio educativo que visa a transformação de vidas através do esporte. Uma causa muito valorosa que nasceu na cidade de Itanhém, e que tem ganhado muita força na comunidade, devido ao mesmo prestar apoio a cerca de 120 crianças e jovens carentes. Formando mais que atletas, cidadãos! Este, tem o nome de “Projeto Resgate”.

O idealizador deste projeto, o itanheense Manoel Binas, que possui uma história de superação incrível, serve como exemplo para os jovens abrangidos por este projeto. O mesmo tem desenvolvido diversas atividades esportivas em Itanhém, chegando a revelar grandes talentos no futebol, Manoel Binas tem como slogan do projeto a seguinte frase: “Praticar esportes não é um vício, é uma virtude”.

Recentemente, o Centro de Assistência Social de Itanhém - CASI, concedeu um espaço para a localização da cede do projeto, situando-se na rua Novo Mundo S/N, ao lado do CAPS, em Itanhém-Bahia Cep:45970-000, Bairro São João. 

Este projeto incide principalmente sobre as atividades de futebol 11 e de salão, como não é um projeto sustentável, conta com as doações dos cidadãos itanheenses para seguir em frente na luta contra a desigualdade social e a marginalização dos jovens, favorecendo a integração social.

Como este projeto tem alcançado grandes proporções, aumenta assim, as necessidades do mesmo, o que consequentemente faz com que seja preciso cada vez mais apoio e contribuições de toda comunidade, dado a sua grande importância.

Ultimamente tem havido uma grande mobilização nas redes sociais, para que se intensificassem este tipo de ajuda.

Tudo começou quando André Correia e Paulino Pereira Gomes lançaram uma campanha de Natal na maior rede social do momento, para que os cidadãos de Itanhém que encontram-se fora da cidade, também pudessem contribuir. Sendo assim, os dois amigos sugerem um site confiável, para que todos possam contribuir. O site é o www.netshoes.com.br que possui equipamentos de esporte para venda com fretes gratuitos, que entregam na própria sede do projeto Resgate. Esta não é primeira vez que André Correia toma uma iniciativa para ajudar a instituição, isto porque no ano passado ele e o Dr. Murilo Caires, realizaram uma campanha com eletrocardiogramas beneficente, o dinheiro arrecadado deu para comprar 12 bolas de futebol da NIKE. Dessa vez, André Correia tomou a iniciativa ao verificar a falta de materiais esportivos para as criança treinarem "Me partiu o coração quando vi 4 crianças tendo que revezar 1 chuteira para treinar..." revelou André.

Para contribuir o procedimento é muito simples, basta escolher os artigos que queiram fazer a doação, e endereçar para a Sede do projeto Resgate, o pagamento e feito no site mesmo através de cartão de crédito ou boleto bancário.

Lembrando que a numeração para os calçados devem abrangir entre os números 34 a 38, tanto chuteiras como tênis de futsal, entre outros artigos (bolas, meões, jogos de camisas, etc). No site você irá encontrar chuteiras boas e baratas com preços a partir dos 50,00 reais.

As contribuições já estão começando a chegar na sede do projeto, para alegria de cerca de 120 crianças e adolescentes, que terão um natal feliz e perspectivas de um futuro melhor através do esporte.

Texto elaborado em parceria com Giuliano Cerqueira "Giu"

terça-feira, 19 de novembro de 2013

Homem encapuzado compra PS4 e destrói o aparelho ao sair da loja.

Homem destrói PS4 ao sair da loja...
Em Montreal - Canadá, um homem encapuzado e desconhecido, foi a Best Buy ver o lançamento da nova consola de jogos da Sony, a tão esperada nova PlayStation 4.

O homem entrou na loja normalmente, comprou o aparelho por 399 dólares e ao sair da loja fez o que ninguém imaginaria ou estaria à espera que o fizessem, o cidadão destruiu o aparelho por completo em frente a várias pessoas que esperavam ansiosas para verem e comprarem o sua PlayStation 4.

Uma dessas pessoas que estavam presente no local, gravou o acontecimento e publicou-o nas redes sociais.

Ninguém sabe ao certo o verdadeiro motivo desse protesto (se é que foi um protesto), talvez o homem estivesse irritado com alguma coisa relacionada ao aparelho (sabe-se lá) ou quem sabe não é apenas uma espécie de marketing.

Durante o ato de destruição do aparelho, o homem até gritou algumas palavras, mas ninguém percebeu praticamente nada.

Será que este cidadão é brasileiro? Estará ele protestando pelo preço do aparelho no Brasil, isto porque a mesma PlayStation 4, custará no Brasil cerca de 4.000 reais, o preço que daria para comprar quatro aparelhos do mesmo nos Estados Unidos.

Mais notícias