Mais compartilhadas

terça-feira, 27 de novembro de 2012

Europa - Hoje senti na "pele", os esfeitos da crise em Portugal.

Hoje senti na "pele", os esfeitos da crise em Portugal.
Mais um dia de protestos em Portugal, um movimento que já virou uma constante luta do povo contra as políticas de austeridade aplicada pelo atual governo.

Hoje o principal tema da manifestação era mostrar a insatisfação do povo contra o Orçamento do Estado para 2013, que foi votado hoje.

Muitos milhares de pessoas saíram as ruas de lisboa hoje pela manhã e por volta das 11:30 se concentraram em frente a Assembléia da República, sede do parlamento português, onde no passado dia 14 de Novembro, dia marcado pela greve geral do país, aconteceram diversos confrontos entre a polícia e alguns manisfestantes que começaram por atirar pedras e sacos de tinta na polícia, logo depois que o sindicato organizador da manifestação deu por encerrado o movimento.

Todos os lados à volta da Assembléia da República foi vedado com grades pela polícia, que também dispôs de um grande número de agentes, quer juntos às grades ou mesmo nas escadarias do parlamento.

Durante a semana a polícia procurou alertar comerciantes e moradores daquelas imediações, que os confrontos poderiam acontecer novamente, mas felizmente parece que nenhuma violência aconteceu.

Se pelo lado do povo as greves e as manifestações começam a ser uma luta constante, pelo lado do governo também já é uma rotina não ouvir aos apelos do povo e assim aprovou o Orçamento do Estado para 2013, com os votos a favor da maioria dos partidos aliados ao governo, nomeadamente PSD/CDS-PP, à exceção do deputado centrista Rui Barreto, que votou contra.

Todos os partidos da oposição, PS, PCP, BE e "Os Verdes", votaram contra o Orçamento, naquele que julgam ser o Orçamento de Estado mais duro de todos os tempos da história do país, um documento que agrava ainda mais os impostos e prevê duros cortes nas pensões e salários.

O principal opositor do governo, o secretário-geral do PS, António José Seguro, exigiu ao primeiro-ministro, Passos Coelho, que reivindique para Portugal junto às instituições internacionais igualdade de tratamento, referindo à Grécia, que foi beneficiada com mais tempo e também menos juros para a liquidação da dívida, o que aliviará a carga suportada pelos contribuintes.

Em meio a toda essa confusão que se passava em Lisboa, e como as pessoas também não escolhem a hora para ficarem doentes principalmente as crianças, hoje pela manhã, levantei-me cedo e fui ao Centro de Saúde para conseguir uma consulta para minha filha, que está doente com problemas de asma. Até aí tudo bem, desde que ela nasceu ela tem esse problema e quando começa o inverno começa o tormento é o período do ano onde a doença se manifesta com maior frequência.

Quando cheguei ao Centro de Saúde, já haviam algumas pessoas lá, ficamos todos á espera do segurança para abrir a porta e dividir a senhas que dão direito as consultas, quando chegou a minha vez o segurança disse-me que tinha acabado as senhas, que eram apenas nove senhas por dia, eu era o décimo e por uma senha minha filha ficou sem consultar, incrédulo perguntei ao segurança se haviam mais consultas atarde ele disse-me que não, disse-me que não há médicos e que são apenas nove consultas por dia.

Essa é política do governo, cortar nos bens essenciais dos cidadãos, porque nas regalias e nos ordenados deles não reduzem um cêntimo, se reduzirem dão outro jeito de repô-lo. No ano passando eu fiquei sem metade do meu subsídio de natal, outras milhares de pessoas ficaram na mesma situação ou até mesmo pior, ficaram sem subsídio de Natal na totalidade e esse ano também não receberam o subsídio de férias e sabem lá se receberão o subsídio de Natal.

Esse governo está afundando Portugal na miséria!

sábado, 24 de novembro de 2012

Mano Menezes fora da seleção brasileira.

Mano Menezes fora da seleção
Sexta feira, 23 de novembro de 2012, foi o dia em que o treinador da seleção brasileira de futebol, Mano Menezes foi demitido do cargo. Depois de uma reunião realizada pela cúpula da CBF, que aconteceu em São Paulo, ficou decidido a demissão do treinador e toda comissão técnica.

Depois de dois anos e meio no comando da seleção, o trabalho de Mano Menezes  ficou muito aquém das expectativas para queles que o apoiaram no momento da indicação para o cargo.

O treinador Mano Menezes, durante a sua trajetória no comando da seleção perdeu praticamente todos os jogos importantes da seleção. Tudo começou com a campanha horrível que a seleção fez durante a Copa América 2011, que culminou com a eliminação nas quartas de finais para a seleção do Paraguai no pênaltis, onde a seleção brasileira desperdiçou quatro cobranças.

Na altura, todos justificaram a eliminação dizendo que o trabalho estava apenas no início, mas nos meses seguintes vieram outros amistosos e o Brasil não ganhou nenhum jogo contra as seleções consideradas da elite do futebol. Isso quer dizer que o Brasil perdeu os principais desafios preparatórios contra aquelas seleções que possivelmente ou teoricamente brigarão pelo título em 2014, estou falando das derrotas para as seleções da França, Alemanha e Argentina, sem falar do empate com a Holanda.

Mas o fracasso maior do treinador Mano Menezes, foi não ter conquistado a tão sonhada medalha de ouro nos jogos Olímpicos 2012 na Inglaterra, onde o Brasil perdeu na final para o México por 2 x 1, inclusive levou um gol aos 30 segundos do primeiro tempo.

A grande ironia do destino, ou não, é que Mano Menezes sai do comando da seleção após conquistar um título com mais uma derrota, no super clássico das Américas contra Argentina, nosso maior rival no futebol, mas vale a pena salientar que esse título não tem nenhum valor uma vez que, todos nós sabemos que os principais jogadores das duas seleções não jogam nos campeonatos dos seus respectivos países, principalmente o melhor jogador da atualidade Lionel Messi, considerado por muitos como um extra-terrestre do futebol atual.

Os torcedores brasileiros pensavam que com a derrota nos jogos olímpicos o treinador fosse demitido, inclusive o ex-jogador Romário pediu a demissão do treinador ao vivo, logo após o final do jogo, mas tal não aconteceu, talvez se tivesse acontecido naquela altura o novo treinador teria ganho seis meses de trabalho.

No primeiro jogo amistoso em casa após os jogos olímpicos, a seleção foi fortemente vaiada em São Paulo, como uma forma de protesto por parte da torcida, pelo mal futebol apresentado diante da fraquíssima seleção da África do Sul. Posteriormente viriam uma série de amistosos com mais seleções fracas e o Brasil goleou sempre. 

O penúltimo amistoso da seleção, com Mano Menezes no comando da equipe foi contra a Colômbia, uma seleção mais forte que conta com atualmente com o melhor camisa 9 da atualidade (Falcão Garcia), e mais uma vez o Brasil não ganhou um jogo importante, as duas equipes empataram por 1 x 1.

Após a tão desejada demissão do treinador , a CBF divulgou que só anunciará o substituto em janeiro de 2013, a imprensa e os torcedores já começaram a especular os possíveis nomes que poderão assumir o cargo, nomeadamente Luís Felipe Scolari, Tite, e Muricy Ramalho, mas a imprensa internacional também cita o nome do ex-treinador do Barcelona, Pep Guardiola.

De todos os nomes citados anteriormente, o mais desejado será o de Felipão, isto porque quando Mano Menezes estava no cargo o nome dele já era desejado por alguns da CBF, passado um tempo durante uma entrevista, o próprio Felipão disse que queria estar no comando de uma seleção em 2014, mais um tempo se passou e ele se demitiu do Palmeiras, logo a seguir ele foi contratado pela CBF para um cargo que seria de divulgar o mundial 2014, aliás o Felipão até esteve em Portugal a serviço da CBF e até recebeu uma proposta de um clube português, que foi prontamente recusada. É muita coincidência, sinceramente acho que o Felipão será o novo treinador do Brasil, quanto ao Mano Menezes esses nunca demonstrou qualidade para está à frente da seleção, por incrível que pareça ele conseguiu ser pior que o Dunga.

Parabéns a CBF pela decisão acertada, esperemos que acerte na contratação do novo treinador.         

quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Justiça brasileira condena envolvidos no mensalão.

O julgamento do mensalão.
Esse é o Brasil que todos os brasileiros sonham, um país onde a justiça faz valer a sua força, punindo com rigor todos aqueles que infringem a lei de algum modo.

O governo do Ex-presidente Lula, ficou marcado na história brasileira e mundial, como um dos melhores, ou senão, o melhor governo brasileiro de todos os tempos, desde a implantação da República Brasileira.

Por um outro lado, como tudo na vida não há nada perfeito, há sempre uma maçã podre na macieira, esse governo tão próspero que teve uma duração de dois mandatos cada um de quatro anos, também teve o seu lado obscuro e ficou marcado pela corrupção de alguns ministros, assessores e empresários, num esquema que movimentou muitos milhões de reais.

O mediático caso do mensalão, assim como ficou conhecido. Que se caraterizava pela compra de votos por parlamentares, para a aprovação de projetos do governo, foi a nódoa negra que manchou o governo Lula. Vale a pena ressaltar que até ao momento nada ficou provado quanto a participação do ex-presidente Lula no esquema.

Essa farra com o dinheiro público brasileiro, organizada por parlamentares, assessores e empresários, ao qual muitos chamaram de mensalão, muitas das vezes mais parecia uma novela ou um filme de comédia talvez, isto porque depois que o caso veio a público causando um verdadeiro escândalo, onde vários canais de televisão de todo mundo, divulgaram imagens onde as pessoas envolvidas no esquema recebiam e escondiam nas cuecas ou nas meias o dinheiro proveniente do pagamento das propinas. A comparação do caso com uma novela ou um filme de comédia, deve simplesmente ao fato do povo brasileiro fazer piadas com tudo e assim mostrou um povo mesmo indignado com a situação, fazendo muitas vezes inúmeras piadas envolvendo o acontecido, o certo é que há inúmeros outros melhores motivos para o povo rir.

Mas o melhor ainda estava por vir e veio, bem diz o ditado popular que a justiça tarda mas não falha. Isto porque depois de alguns anos passados após o escândalo, depois de vários processos e acusações, finalmente aconteceu o julgamento dos acusados envolvidos no esquema e assim os envolvidos foram jugados e condenados, entre eles estão os envolvidos mais conhecidos do processo, nomeadamente o Publicitário Marcos Valério, o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu e o ex-presidente do Pt José Genoino, sem contar mais outros sete condenados menos conhecidos pelo povo.

Finalmente o Brasil deu um exemplo de como deve funcionar a justiça de um país, julgando e condenando todos aqueles que teimam em infligir a lei. A justiça é para todos e não deve privilegiar ninguém, ela deve ser posta em prática sempre haja a necessidade de punir, mesmo quando se tratar daqueles que estão no poder de uma nação, que praticam a corrupção em vez de darem o exemplo.

Todo esse processo do julgamento do mensalão culminando com a punição dos envolvidos, foi noticiado, divulgado e elogiado por toda impressa internacional, referenciando que o Brasil está mesmo no caminho do desenvolvimento, onde a justiça funciona de verdade. 

A justiça é parta todos independentemente da classe social ou carreira profissional que ocupe.

segunda-feira, 19 de novembro de 2012

Município de Itanhém penalizado no repasse de verba do Ministério da Saúde.

Município de Itanhém penalizado no repasse de verba do Ministério da Saúde.
O Município de Itanhém também foi penalizado com o bloqueio no repasse de verbas do Ministério da Saúde, os recursos destinam-se a área de vigilância sanitária do município.

A resolução foi publicada no Diário Oficial da União, no dia 16 de novembro de 2012, com esta medida o Ministério da Saúde proíbe o repasse da verba para mais de 1.300 municípios em todo Brasil, só no Estado da Bahia são 96 municípios que ficaram sem a verba provisoriamente.

Além do município de Itanhém, outros municípios do extremo sul baiano também ficaram sem a verba, nomeadamente Caravelas, Medeiros Neto, Jucuruçu e Itamaraju. 

O bloqueio temporário da verba sucedeu-se porque de acordo com a decisão, os municípios não estavam repassando as  informações das respectivas vigilâncias sanitárias há pelo menos dois meses, sendo assim, a situação só será normalizada depois que os municípios reenviarem os dados atualizados ao Ministério da Saúde.

O montante da verba que ficou retido é referente ao terceiro quadrimestre de 2012, que será normalizado no mês seguinte ao da regularização dos dados junto ao Ministério da Saúde. O Ministério da Saúde não divulgou os valores bloqueados para os respectivos municípios.

O Ministério da Saúde usa o bloqueio dos repasses, como forma de garantir a aplicação correta dos recursos, bem como a prestação de contas dos Municípios. O bloqueio dos recursos só acontece depois do atraso em pelo menos dois meses consecutivos do preenchimento  e envio das informações obrigatórias.

Até ao momento nenhum responsável por parte do governo da cidade veio a público explicar o porque desta "falha". A população do município anseia por uma resposta e também por uma solução para esta situação.

quinta-feira, 15 de novembro de 2012

Greve Geral Ibérica acaba em violência.

Greve Geral Ibérica acaba em violência.

Mais uma vez o povo português saiu às ruas para mais uma manifestação contra a política de austeridades imposta pelo governo do Sr. Primeiro Ministro Pedro Passos Coelho.

Na Espanha, o povo espanhol também foi para as ruas protestar contra a mesma política de austeridade imposta pelo primeiro Ministro Mariano Rajoy, que por sua vez apresentou um orçamento para o ano que vem repleto de cortes nas despesas públicas.

Na Grécia também não foi diferente, também houve manifestações onde os manifestantes exibiam bandeiras de Portugal e Espanha como forma de solidariedade e dizer que também estão juntos a lutar pelas mesmas causas, ou seja, contra a política do governo em cobrar do povo uma dívida feita pelos governos anteriores.

Em Portugal a manifestação terminou da pior maneira possível, com diversos confrontos entre a polícia e os manifestantes.

Tudo começou quando o sindicato organizador da greve (CGTP) deu por encerrada a manifestação, isso por volta das 17:00 horas, alguns manifestantes continuaram em frente a Assembléia da República (sede governo) onde escreveram palavras de ordem e começaram a gritar "os ladrões então lá dentro e a polícia está cá fora".

Os manifestantes começaram a apedrejar a polícia, com pedras que eram retiradas da calçada e arremessar balões de tintas. Os grevistas entretanto derrubaram as grandes de proteção e avançaram sete ou oito degraus das escadarias da Assembléia da República.

Através de um megafone, um policial avisou caso não parassem com o apedrejamento e arremessos de balões de tinta, a polícia iria avançar e foi o que de fato aconteceu, houve muita pancadaria e violência, o saldo negativo de todo tumulto foi de 7 pessoas presas por crime de desobediência e 48 feridos, entre eles 21 são policiais e 27 são manifestantes.

O certo é que ninguém gosta quando as greves acabam em violência, mas por outro lado as pessoas já estão a viver nos limites das condições, a carga fiscal e os cortes nos subsídios estão ficando cada vez mais insustentáveis, o desespero das pessoas está chegando ao extremo que várias pessoas já se suicidaram devido a fatores desencadeados pela crise financeira. Na Espanha, uma senhora se jogou do 4º andar de onde morava, depois de ter recebido uma ordem de despejo, segundo informações o governo espanhol publicou uma lei que dá direito a ordem de despejo pelos bancos depois de dois anos de falta de pagamentos das prestações da casa.

A crise financeira está unindo cada vez mais os trabalhadores europeus e cada vez mais temos vistos manifestações em simultâneo nos países em crise, é caso para se dizer que o povo unido jamais será vencido. Dia 14 de Novembro ficou conhecido e apelidado como o dia da Greve Ibérica devido as manifestações que ocorreram em Portugal e Espanha onde também se juntou a Grécia.

Em meio a um dia bastante conturbado devido a greve geral, tanto a nível dos transportes públicos, quanto a nível das escolas e diversas repartições públicas fechadas, muitos políticos deram algumas declarações no decorrer do dia e umas declarações que mais chamou-me a atenção, foram as declarações do Sr. Presidente da República Cavaco Silva, quando um repórter questionou-o sobre a greve, ele declarou que ele os funcionários do gabinete dele tinham ido trabalhar e que ele inclusive receberia a visita do Presidente da Colômbia, ironia ou insólito seria se ele também tivesse aderido a greve, o que significaria que ele próprio não concordava com a política imposta pelo governo dele.

segunda-feira, 5 de novembro de 2012

Famílias vivem em cemitério na cidade de Manila - Filipinas - Ásia.

Milhares de pessoas vivem num cemitério e fizeram dele uma cidade literalmente, onde convivem com os mortos de uma forma muito natural.


Centenas de famílias decidiram dividir espaço com os mortos em Manila, a capital das Filipinas, um dos países mais exóticos no sudoeste da Ásia. O maior cemitério do país abriga, atualmente, pelo menos 10 mil pessoas, uma verdadeira cidade. Conheça a cultura desse povo e como vivem as famílias dentro de verdadeiras tumbas.

Na cidade "cemitério" existe de tudo como se fosse uma cidade "normal",  as tumbas viraram casas, mercearias, tem pessoas que até trabalham no próprio cemitério, as crianças brincam nas ruas normalmente, os adultos jogam bingo também nas ruas.

Na cidade "cemitério" existe até uma associação de moradores que foi criada pelo governo Filipino preocupado com o crescimento da população na cidade "cemitério".

"Há uma senhora que diz se sentir bem morando cemitério, porque consegue dormir no mesmo lugar que o marido". Esta senhora dorme encima da tumba do marido, é incrível.

sábado, 3 de novembro de 2012

Execução de Policiais em São Paulo.


Execução de Policiais em São Paulo.
A violência no estado de São Paulo está tomando níveis cada vez mais incontroláveis.

Todos os dias surgem novos casos que dão como certo a tentativa da execução de policiais, em muitos casos, essa "tentativa" se tornam muitas vezes em fato consumado.

E não são apenas os policiais em atividade que estão sofrendo com esses atentados à suas vidas, policiais que não estão em exercício da profissão, ou seja policiais aposentados, também já foram vítimas da violência contra essa classe trabalhista e acabaram mortos.

Os bandidos estão tomando conta da cidade e consequentemente do estado de São Paulo, espalhando violência e fazendo vítimas por todos os lados, civis e militares estão encurralados pelo banditismo.

De acordo com os dados do  Infocrim (Sistema de Informações Criminais) até o dia 31 de Outubro foram contabilizados mais de 145 homicídios na cidade de São Paulo, um aumento de 86% comparando-se com o mesmo mês do ano passado, baseando-se nesses dados é o segundo mês consecutivo que a cidade de São Paulo bate o recorde de homicídios, desde que o governo do estado começou a fazer a contabilidade mensal relacionada com a violência.

A audácia e o atrevimento dos bandidos é tanta, que já surgiram até rumores de que eles próprios declararam que "para  cada bandido morto, dois policiais também irão morrer".

Já existem casos de que policiais não estão voltando para casa depois do horário do expediente, os policiais estariam dormindo nos próprios batalhões com "medo" de voltarem para suas próprias casas.

E os políticos brasileiros ou mesmo as autoridades competentes, será que eles não lêem os jornais ou vêem essas notícias, porque todos eles ficam de braços cruzados, não se manisfestam para fazerem nada e mudarem tal situação.

O código penal brasileiro precisa urgentemente de severas mudanças, a polícia precisa urgentemente de muito mais pessoal,  melhores ordenados, melhores equipamentos de trabalho, melhor formação e preparação adequada e só assim é que a polícia poderá  "lutar" de igual para igual contra a criminalidade.

O problema do código penal brasileiro é tão evidente que nem é preciso ser um profissional da área para identificar as falhas, ou seja, muitas vezes a polícia prende um  bandido de manhã e atarde ele já está solto e se calhar no próprio dia ele já está a praticar novos crimes.

A corrupção dentro da própria polícia também é um problema sério e tem que ser resolvido urgentemente, a dificuldade maior é identificar quem a pratica e posteriormente punir severamente, aliás um dos males de que o Brasil sofre é a corrupção, ela está por todos os lados.

É caso para se dizer que realmente o crime está mesmo organizado!

Mais notícias