Mais compartilhadas

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Às vezes tenho vergonha de ser brasileiro.

É triste, mas é assim que eu me sinto, vou explicar.

Sou brasileiro, mas vivo em Portugal há 12 anos, eu amo meu país, mas há coisas que não dá para suportar temos que nos calar e refletir.

O problema é que quando acontece cenas lamentáveis de violência e vandalismo como aquelas do apuramento dos votos para decidir a escola de samba campeã de São Paulo, é muito difícil de explicar para as outras pessoas principalmente de nacionalidades diferentes, por mais que você diga sempre fica aquela sensação de má impressão em relação ao nosso país.

Para quem vive no Brasil ou para quem é brasileiro, talvez seja mais fácil explicar e  consequentemente entender os fatos, sem deixar bem claro que fatos como estes atos de violência são inadmissíveis em qualquer situação.

Agora para quem vive no exterior é muito difícil explicar o que não tem explicação, porque as pessoas de outras nacionalidades comentam conosco e até vem nos perguntar o que aconteceu e nós ficamos envergonhados sem ter o que falar, não dá para explicar, não tem o que falar sinceramente nesse momento sinto vergonha de ser brasileiro, porque muitas pessoas não sabem separar, distinguir os bons dos maus, apenas generalizam, acham que uma nação inteira é bandida.

É muito triste ver estas cenas de vandalismo em todos os jornais do mundo, manchando a imagem de um país envergonhando o seu povo e denegrindo a imagem da maior e mais conhecida festa brasileira, onde todos os anos atrai milhares e milhares de turistas.

Vi as imagens de toda a violência do carnaval de São Paulo em um canal de televisão de Portugal e fiquei chocado, logo veio na minha cabeça apenas um sentimento que vergonha.

O indivíduo roubou os papeis que estavam as notas das escolas de samba no momento da divulgação das notas saiu correndo rasgando os papeis, mas porque? Não sabe perder, ou será mais um bandido disfarçado no meio da sociedade.

A partir daí a confusão se alastrou destruindo o sambódromo e imediações, acabando por incendiar um carro alegórico de uma escola de samba e o que seria festa acabou em tragédia, decepção e vergonha.

Felizmente a polícia já capturou o ladrão das notas, peço às autoridades brasileiras uma punição severa a este cidadão.

As autoridades brasileiras tem que acabar com esta violência de uma vez por todas, só assim o Brasil será notícia em todos os jornais com tudo de bom e todas as belezas que ele tem para oferecer.

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

Fim das greves da PM.

news365mundo.com
Finalmente acabou a greve da Polícia Militar na Bahia, depois de 12 dias de terror, insegurança e domínio da criminalidade no estado da Bahia.

A decisão foi tomada sábado (11/02/12) à noite pelos restantes elementos grevistas, depois de já ter sido decretado o fim da greve pelo comandante da Polícia Militar.

Durante 12 dias a cidade de salvador viveu momentos de muita insegurança e criminalidade, mais parecido com um cenário de guerra, ironia do destino ou não, a greve e a criminalidade veio poucos dias depois do governo do estado ter anunciado a redução da criminalidade no estado da Bahia.

Terminada a greve, o comando geral da Polícia Militar decidiu que não vai punir os grevistas, após ameaçar fazê-lo nos casos de quem não interrompesse a greve de imediato. No entanto, os grevistas que cometeram crimes durante a paralisação serão penalizados pelas autoridades competentes.

Todos trabalhadores tem o direito de reivindicar melhores condições de trabalho e remunerações, o que não se admite é que bandidos disfarçados de policiais estejam envolvidos no meio de quem deve proteger a população.

A população da Bahia pede uma punição severa a todos os policiais que cometeram crimes durante o período da greve, tais crimes não devem ficar impune.

A presidente Dilma fez muito bem ao declarar que não aceitaria anistiar os policiais presos, eles devem pagar pelo terror que espalharam por todo estado da Bahia.

Como uma doença contagiosa que se espalha a greve chegou até ao Rio de Janeiro, esta com proporções ainda maiores visto que tinham mais entidades juntas nomeadamente bombeiros, polícia civil e polícia militar, mas o governo do Rio soube por um fim muito rapidamente antes que se tornasse uma situação incontrolável.

Agora imaginem o Rio de Janeiro sem polícia pelo menos dois ou três dias, seria uma maravilha para os bandidos.

Enfim cada vez mais tenho medo de viver no Brasil a cada dia a violência parece que aumenta em vez de diminuir, o Brasil não merece tanta violência.

O governo e as autoridades máximas do Brasil devem acabar de uma vez por todas com a corrupção na polícia seja ela civil, militar ou federal.

O que se viu na Bahia foi uma tentativa de intimidação por parte de um certo número de policiais corruptos que espalharam o pânico por todo o estado.

Não estou a generalizar dizendo que todos os policiais são corruptos, mas existe um certo número de corruptos que merecem ser punidos severamente, porque só assim o Brasil acabará com a criminalidade cortando o mal pela raiz.

O julgamento do assassino da jovem Eloá.

Segunda-feira 13/02/2012 começou o julgamento do assassinato da jovem Eloá, morta em 2008 por Lindemberg Alves namorado da jovem vítima.

Quatro anos se passaram o assassino está preso, finalmente chegou a hora de conhecer a tão esperada pena de prisão para um assassino covarde que tirou a vida de uma jovem, destruindo todos os sonhos e planos de uma família inteira.

Durante o tempo que se passou imaginem o sofrimento de uma família por ter perdido um ente querido de uma forma tão brutal e covarde.

Os próximos dias serão de tortura e dor para familiares e amigos que reviverão todos aqueles momentos de sofrimento e apreensão.

Há quem diga que a polícia errou no desenrolar das negociações com o assassino, cabe a justiça investigar e condenar.

Se a polícia errou? A imprensa também errou da forma como abordou o caso, causando sensacionalismo e mediatismo no sequestro das vítimas, que acabaria com o assassinato da jovem.

Durante o sequestro vários apresentadores de programas de vários canais falaram com o assassino. Afinal quem não se lembra do apresentador Britto Junior do programa Hoje em Dia da Rede Record falar por telefone ao vivo com o assassino Lindemberg Alves, este fato não contribuiu em nada na solução do sequestro apenas agravou, fez com que o bandido se sentisse ainda mais "importante" uma vez que estava aparecendo na televisão.


Até o promotor veio a público criticar a atuação da imprensa no caso que estava atrapalhando toda a negociação com o bandido.

Casos como este a imprensa tem o dever de saber não interferir, como por exemplo falar com o sequestrador ou assassino, ela a imprensa tem que apenas transmitir as notícias, os fatos, sem interferir no caso em questão.


Isto não é um reality show é vida real, pessoas inocentes estão em perigo, a imprensa não deve aproveitar da situação para atingir elevados índices de audiência interferindo nas negociações, transmitindo conversas ao vivo com os bandidos, porque afinal nenhum apresentador ou jornalista tem o direito de atrapalhar o trabalho da polícia.

Se a polícia errou, a imprensa também, todos erraram e mais uma vida inocente se perdeu, mais uma família que chora uma dor insuperável.

terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Greve geral na Grécia.

news365mundo.com
A Grécia hoje está quase paralisada devido à greve geral convocada pelos principais sindicatos gregos para protestar contra um novo pacote de medidas de austeridade, que está a ser negociado com os credores do país.

Esta greve geral, a primeira do ano de 2012, foi convocada pelos dois principais sindicatos dos setores público e privado. Com a palavra de ordem "Basta, já não se pode mais", os simpatizantes da central privada (GSEE, 700 mil membros) e da central pública (ADEDY, 350 mil membros) vão reunir-se ao final da manhã em Syntagma, a praça central de Atenas, palco de manifestações de grandes proporções desde o início da crise, há dois anos. 


As escolas e os ministérios estavam a "meio gás", bem como os hospitais. Em Atenas, o metro só começou a funcionar às 8 horas locais e os transportes públicos às 7 horas locais.

Devido à participação dos marinheiros na greve, os barcos devem ficar nos portos durante 24 horas bem como os caminhos-de-ferro, incluindo os comboios urbanos, que também não vão sair durante todo o dia de hoje. Em contrapartida, não está prevista qualquer anulação no transporte aéreo. Os controladores aéreos não participam no protesto.

Os sindicatos protestam contra o projeto - que prevê a redução do salário mínimo e o corte das reformas complementares - pedido ao país em troca de um novo empréstimo internacional de 130 mil milhões de euros, decidido em Bruxelas em Outubro último. 

O primeiro-ministro grego, Lucas Papademos, reuniu de novo na segunda-feira à noite com a delegação da troika (Banco Central Europeu, Comissão Europeia e Fundo Monetário Internacional) para tentar renegociar as medidas de austeridade, que provocam a ira dos chefes dos partidos da coligação governamental e dos sindicatos.

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Cantora Rita Lee presa por xingar policiais militares.


A cantora de rock nacional, Rita Lee, 64 anos, já está querendo se aposentar de acordo com informações divulgadas recentemente pela imprensa. Mas antes de abandonar os palcos Rita está cumprindo seus compromissos.

Entretanto no final de carreira, a cantora que ficou conhecida por seu temperamento, acabou detida por policiais em Aracaju. Ela participava do Festival de Verão Sergipe 2012.

Entenda o caso: "Parece" que "Rita Lee" viu membros do seu fã clube sendo agredidos por policiais. E o fato provocou uma reação da cantora. 

Segundo fontes - Rita declarou que não queria mais os policiais no momento que estava se apresentando. "Vocês são legais, vão lá fumar um baseadinho." Declarou publicamente a cantora. Então quando os policiais fizeram uma corrente na frente do palco, Rita Lee reviveu os momentos da luta contra ditadura e ofendeu os policiais publicamente chamando-os de: "cachorros", "cavalos" e "Filho da...." (palavrão). O que terminou com a prisão da cantora após o show.

A Policia não efetuou logo a detenção da cantora para não causar um distúrbio maior, visto que poderia acabar em tragédia devido a multidão que assistia ao show.

Opinião de autoridades que estavam no evento, o governador Marcelo Déda disse para imprensa que assistiu a um espetáculo deprimente por parte da cantora Rita Lee, segundo o governador a polícia não fez nada que justificasse a reação da cantora.

Já Heloísa Helena, ex-senadora, atualmente com mandato de vereadora em Alagoas foi solidária e assinou o Boletim de ocorrência a favor de Rita Lee. Para Heloísa tudo aconteceu por causa de uma reação emocional da cantora devido à truculência policial desnecessária.

No Twitter, o filho de Rita Lee e o cantor Lobão se manifestaram sobre a prisão da cantora. Beto postou: "A policia de Aracaju levou minha velha para a delegacia. Bando de frouxo". Já o roqueiro Lobão tuitou: "Mas era só o que faltava...prender a Ritinha eh de última!".

A Polícia Militar - O tenente-coronel Adolfo Menezes, responsável pelo policiamento do show disse que o boletim de ocorrência do episódio foi tipificado como "desacato e apologia ao crime ou ao criminoso (art. 287 do Código Penal)", segundo informações divulgadas pela coluna ilustrada da Folha deste domingo.

Até onde vai a estupidez de uma pessoa, realmente caráter não tem idade, uma pessoa de 64 anos insultar e manisfestar a favor das drogas publicamente é o fim da picada, não tem lógica nenhuma o que a Rita Lee fez.

Ela disse para os policiais "i r fumar um baseadinho", há muitos dependentes químicos que começaram apenas com um baseadinho, ela uma pessoa influente em vez de pregar o NÃO às drogas faz o contrário, é incrível e o pior é que há pessoas que a dão razão.

Mais notícias